17 de março de 2012

Embrulhada em primavera!


Esta foi a primeira manta que fiz para a minha princesa. Foi feita com ela aos pontapés na barriga e acabei poucos dias antes dela nascer! Para mim tem um significado muito especial, porque acredito que todo o amor com que tecemos uma peça fica entremeado com as linhas. Adoro quando ela se embrulha nesta mantinha!

As cores foram escolhidas para alegrarem o seu primeiro inverno e utilizei uma lã mmuuuiiiitttoooo fofinha da fábrica dos "tricots brancal". Só consigo encontrar esta lã numa loja de lãs em Vila Real....daquelas lojas à moda antiga com meadas em prateleiras de madeira e uma balança no centro do balcão! O pior é que cada vez tem menos cores e quantidades, sobretudo em fibras naturais, porque a procura é pouca. O sector das acrílicas é que vai crescendo porque são mais baratas...que pena, não acham?

Como nunca tinha feito nenhuma, primeiro fui investigar como estavam feitas uma mantinhas deste género, feitas pela talentosa avó Edite, e depois apliquei o mesmo método nesta!

0 comentários: